Riesling – A Grande Uva do Mundo dos Vinhos Brancos

Esta casta de origem alemã, cujos primeiros registros são da Idade Média, é considerada a grande uva do mundo dos vinhos brancos, capaz de produzir grandes vinhos desde secos até doces, sendo boa parte deles com enorme potencial de envelhecimento.

A Alemanha cultiva mais Riesling do que qualquer outro país, essencial na Alsácia, Leste da França e vem ganhando destaque na Austrália, Nova Zelândia e Estados Unidos. Mas também existem exemplares na América do Sul.

Os 9 mil hectares plantados com a uva Riesling estendem-se pelas encostas íngremes do Vale do Rio Mosela. Com pouco mais de 500 viticultores, a região do Mosela é a maior área contínua de cultivo de Riesling no mundo.

Outro fator que encanta os críticos é a capacidade dessa cepa de traduzir o Terroir em que está plantada.

Os alemães costumam ser mais leves e com tons florais, os franceses tendem a um vinho mais denso e complexo. Mas de forma geral a Riesling pode apresentar aromas minerais bem marcados, algo terroso, muitos tons florais e até algumas especiarias e notas apimentadas.

Na boca, pêssego e maçã-verde, além de frutas cítricas, costumam aparecer. Com envelhecimento em garrafa, muitos vão apresentar um aroma de petróleo bastante típico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Olá!

Bem vindo a MetapuntoCosi, ficaremos felizes em poder ajudar e tirar todas dúvidas pelo Whatsapp ou se preferir envie um email para contato@metapuntocosi.com.br

× Como posso te ajudar?